terça-feira, 20 de outubro de 2009

O meu corpo fala comigo

Há coisas em que não vale a pena ser teimoso. Lenta e dolorosamente o tenho constatado.
Apesar de tudo, a marcha é uma actividade mais "metatársica" do que metafísica. E quando o metatarso nos dói, não há metafisica que nos valha.

O meu corpo tem tentado entrar em diálogo comigo. Mas eu só homem de poucas falas e tenho ligado pouco ao que ele tem para me dizer. Mas ele diz. Não há nada que o cale.

Assim, para além de outros preparos logísticos a resolver, fica desde já aqui estabelecido que vou fazer meia-volta no meu plano de treino e voltar à semana zero. Para além disso, só irei passar dos 20 kms nos treinos longos depois de conseguir fazer esta distância com facilidade e sem incidentes.

3 comentários:

  1. Boas Pedro...

    ... Ele deve ter razão. E, ao certo, fazes o correcto em reverter o plano.

    Mas segue em frente...

    Rui

    ResponderEliminar
  2. Grettings,

    Eu não sei nada disso do andar nem do correr agora uma coisa sei:

    O corpinho é como o "material"... tem sempre razão.

    Nada disso de semana 0. Faz mal à moral 5% de incremento de semana a semana o que o corpo fala menos.

    E que tal cross trainning para não lixares muito o metatarso Bike Run Swim

    Calma a paz na alma

    ResponderEliminar
  3. Sim, cross training é bom. Já comecei a andar mais de bicicleta: pelo menos faz-me doer outras partes do corpo.

    Natação é capaz de ser bom, mas não tão fácil de encaixar na dinâmica familiar.

    Estou também a levar um pouco mais a sério os dias repouso.

    Aumentei um pouco o tempo do treino normal. Passei de 1h para 1h30m, mas enquanto não me sentir completamente bem vou para com os treinos longos.

    Preciso de tempo para fortalecer as articulações e para perder peso.

    ResponderEliminar