domingo, 8 de novembro de 2009

Com o metatarso no pedal

Este fim de semana optei por fazer dois treinos de bicicleta (1h20 e 1h50) em substituição do treino longo de marcha. Durante a semana exagerei um bocado e o tornozelo deu novamente sinal.

Tem se mostrado uma boa opção porque alivia a pressão do músculos e ligamentos mais castigados na marcha, permitindo ao mesmo tempo desenvolver outros. Tenho sido um ciclista de fim de semana, mas tem corrido bem. Tenho aumentado gradualmente as distâncias, sempre em terreno razoavelmente plano - ontem Sta Iria, hoje Alverca, para semana Alhandra. Sinto alguma dificuldade nas subidas o que se deve com toda a certeza a falta de força e ao excesso de carga.

Só falta pôr o metatarso na piscina e dedicar-me ao... triatlo:)
(O que nem deve ser má ideia: acho que a água aleija pouco; não faz bolhas nos pés, nem caleja o rabo)

3 comentários:

  1. Olá,

    Nada disso a culpa é da bicicleta.... Com essas bicicletas foleiras com 12kg tens sempre a desculpa das desculpas.
    Culpa o material que a filosofia do ciclista é assim!
    Boas marchas

    ResponderEliminar
  2. Coitada da Giant! Que mal fez ela para merecer andar comigo em cima...

    Mas perder 12kg é capaz de ter o mesmo efeito (no ciclismo, não na carteira) do que comprar uma bicicleta de carbono xpto.

    ResponderEliminar