domingo, 27 de dezembro de 2009

Na terra da falsa abundância

Temos muito. Mais do que alguma vez precisaríamos. A abundância é esmagadora, mas também enganadora.

É afinal extremamente difícil termos o que realmente precisamos...

Nesta época de solstício, verdadeira hecatombes de doces, bacalhaus, perus, borregos se oferecem por honra do nascimento de deus menino. Mas o difícil, difícil, é arranjar tempo para fazer uma sopa decente :)

(isto quase que descambava para o moralismo; o açucar põe-me doido!)

Sem comentários:

Enviar um comentário