domingo, 27 de dezembro de 2009

São Silvestre de Lisboa 2009

Tudo pronto. Trabalho feito. Ontem foi o último treino (chuva e frio) antes da São Silvestre - tal como planeado. A alimentação tem corrido menos bem: irregular e alguns inevitáveis doces da quadra, etc. O descanso também tem sido bom. Não tenho quaisquer queixas musculares (aliás, ultimamente, muito raramente as tenho tido), apenas os joelhos têm dado sinal de si - espero que sarem até amanhã... mas não é nada de impeditivo.

Do ponto de vista do planeamento de treino e sua execução, acho que fiz o melhor possível - dadas as condicionantes. E as condicionantes foram sem dúvida a minha forma física inicial e o pouco tempo que tive  de preparação. De facto, esta prova surge um pouco cedo demais na minha "época" (peço desculpa pelo exagero do termo), dado que tenho feito sobretudo trabalho aeróbico de base. Não deveria pois esperar grande resultado, mas as minha expectativas são também modestas: acabar a prova em menos de uma hora. Este é apenas um ponto de passagem para um objectivo mais ambicioso (para mim), o de fazer uma meia-maratona em Março.


Resumindo, o meu treino estruturou-se da seguinte forma nas últimos tempos:
Inicio de Agosto a meados de Novembro - Marcha, caminhada, bicicleta (menos frequentemente). Perder peso, perder peso, perder peso.
- 16-30 Novembro - introdução da corrida, alternado com a marcha e bicicleta.
- 1-21 Dezembro (Base 1) - treino aeróbico em progressão até conseguir completar confortavelmente 1 hora de corrida contínua na zona 2. Descurei um pouco a componente técnica e de velocidade (cadência)...
- última semana - Coincidiu com a 4ª semana do período base, que é uma semana de volume mais reduzido. Como preparação para a prova tentei fazer treinos de intensidade mais elevada que simulassem a suas duas metades (ver post anterior).

Revisão do planeamento:
- Primeiros 4 kms: 5:45-6:00/km
- 5 km (a subida) - aqui estou um pouco mais inseguro... vou como puder e compenso na descida.
- 6-9 km: 5:15-5:30/km
- último km: bofes para fora!

As previsões apontam para bom tempo. Sem chuva. 15 graus. Vento forte de Sul: que será lateral entre o cais de Sodré e o campo das cebolas (hum, não gosto).

Como qualquer competição: será a sério, vou dar tudo o que conseguir; mas será difícil fazer bem à primeira, sem qualquer experiência.

1 comentário:

  1. Força Pedro,


    Vou estar cá no Porto a correr contigo...

    Abraço.

    Rui

    ResponderEliminar