quarta-feira, 19 de maio de 2010

História de uma lesão

15-Mar: 58 km + natação + ginásio = 7h54m
22-Mar: 52 km + natação + ginásio = 6h57m
29-Mar: 60 km + 2 x natação = 7h48m
05-Abr: 50 km + natação + ginásio = 6h15m (corrida dos sinos 15 km)
12-Abr: 66 km + natação = 7h34m
19-Abr: 44 km = 4h26m
26-Abr: 87 km = 8h45m
03-Mai: 79 km + natação + ginásio = 9h15m
10-Mai: !!! ai !!!

Infelizmente a lesão ainda não se foi embora... e já percebi que tenho de esperar. Aborrece-me, é verdade. Haverá outras provas. Se não houver inventa-se! A minha filha já sugeriu um nome: meia maratona dos tambores.

7 comentários:

  1. bom dia, sou um seguidor do teu blog, não sei se podes ajudar-me, tenho feito desporto todos os dias desde à cinco meses, 1,87m e tinha 96 kilos, já desci até ao 85 +ou-86, mas queria descer até aos 82 kilos, enão consigo sai dos 85, sabes como posso fazer? visto que ptens vindo a descer de peso com mais regularidade que eu.

    ResponderEliminar
  2. Olá turtle,

    não serei o com certeza o melhor dos conselheiros; só te posso falar da minha própria experiência.

    Ponto nº1: Para emagrecer só existe uma forma: ingerir menos calorias do que aquelas que gastas. Ponto final. Podes atacar o problema pelos dois lados: reduzir o consumo e aumentar o que gastas. Se já praticas desporto regularmente, não precisas de fazer mais....

    Ponto nº2: é impossivel emagrecer de forma sustentável estando com fome. Eu pelo menos não consigo. Quando tenho comer, tenho que comer, não hipótese. Nem sequer seria bom não comer. O que precisas fazer é controlar é aquilo que comes. Há uma diferença consideravel entre comer um bolo ou uma, duas, três peças de fruta.

    Ponto nº3: é possível emagrecer bem, ou emagrecer mal. De forma saudável ou de forma menos saudável. E isso prende-se sobretudo com a qualidade da tua alimentação.
    É, quanto a mim, uma questão prespectiva; podes achar normal comer batatas fritas, doces, iogurtes açucarados, carnes gordas, etc, etc - apenas porque é o que toda a gente come. Ou pode achar que não deverias sequer comer esse tipo de alimentos; porque não são adequados, porque fazem mal apesar de os tolerarmos. Há sempre dias de excepção - mas é melhor que sejam pouco frequentes.

    No meu caso o que mudei na alimentação resume-se no seguinte:
    - sopa ou verduras a TODAS as refeições principais;
    - fruta com abundância no intervalo das refeições;
    - evitar fritos;
    - evitar produtos processados e especialmente os que tenham açucares adicionados: desde os refrigerantes, às bolachas;
    - Não deves descurar o consumo de proteínas;

    ResponderEliminar
  3. Atenção tb que com 1,87 nunca serás um peso pluma... Fazes ideia de qual a tua percentagem de gordura corporal?

    ResponderEliminar
  4. obrigado PGomes
    penso k a minha % de gordura é de 20% segundo o rui (aventurasasolo) :)eu ando no ginasio dele, para mim falta-me mesmo´é só perder a barriga, mas o k eu como já acho pouco, nao tou a ver como perder mais, como ao pequeno alomço pão com sementes com uma faita de queijo ou fresco, como fruta 2 de manha, almoço atum com arroz à tarde fruta nozes e bolacha torrada depois janto pouco. faço desporto todos os dias spining, localizada, natação, btt, corro (já meias-maratonas) e agora objectivo trails e dualtos, por isso podes ver que falta de gasto de energia não é. no ententao falta-me 5 kilos para os 80. abraço

    ResponderEliminar
  5. O que te posso dizer mais é o seguinte: quando comecei a perder peso, nos primeiros meses, perdia 4 kilos por mês (comecei nos 108 kg); há medida que fui perdendo peso o ritmo abrandou claramente 3, 2 kilos e noutros meses, com paragens, até menos.

    Quanto mais peso mais fácil é produzir um défice calórico... é o mesmo que andar com uma mochila e 20 kilos durante todo o dia!

    No que referiste da tua alimentação a única coisa que me saltou à vista foi a ausência de sopa... ou outros vegetais...

    Mais uma vez só te posso falar do meu caso: como sopa duas vezes ao dia; sempre que possível acompanho as refeições com salada; fruta são 5 ou 6 peças por dia. Pontos extra se conseguires arroz, massa e outros cereais na versão integral.

    ResponderEliminar
  6. ok esqueci-me de mencionar, como sopa todos os dia e salada, mas vou passar para o arroz integral e massa tambem, talvez possa cortar um pouco mais na quantidade ao almoço e ao jantar, já não é muita mas à sempre maneira, o pior é a fome :)

    ResponderEliminar
  7. Com fome também não vais lá... ou vais, mas não da melhor maneira. Ás vezes é preciso um bocado de paciência...

    ResponderEliminar