domingo, 20 de junho de 2010

Destruam os ténis e não as pernas... etc e tal

É tempo de reformar os air pegasus. Têm vindo a ser gradualmente destruídos ao longo dos últimos 900 e tal kms. Solas gastas; ligeiramente cambados; zona superior em boas condições; sendo que o amortecimento tem sido essencialmente  realizado pelas minhas pernas. Sou um moço pesado e corro essencialmente em piso duro. É talvez de espantar que não tenha tido ainda mais lesões... Mas doí. É afinal o que os corredores fazem: destroem ténis (ou sapatilhas, como se diz lá por cima) e às vezes também as pernas. É preciso gostar um bocadinho de sofrer...  É difícil de explicar... há que goste de ganhar, todos se querem superar, sentir-se fortes, mas também querem saborear esta espécie de aniquilação postiça, de sofrimento controlado e auto-infligido: o treino.

Após alguma hesitação resolvi optar pelos asics gel nimbus. Caros para burro. Espero que valham todos os euros (também aqui não fujo muito ao estereótipo do corredor forreta). Parece que estamos em crise - pelo menos assim anunciam os jornais - pelo que a próxima grande moda deverá ser o pé descalço.
Da primeira vez que os experimentei  pareceram exagerados; demasiado conforto; um pouco mais pesados que os nike. Agora penso que talvez sejam os mais adequados para mim. Vamos ver.

Destruam os ténis e não as pernas.

2 comentários:

  1. Companheiro,
    A verdade é que apesar de os ténis serem caros, um bom par de ténis, evita muitos males e maleitas.
    Que estes teus novos companheiros de estrada te acompanhem, pelo menos, por mais 900km´s.
    Um abraço

    ResponderEliminar