domingo, 26 de setembro de 2010

Resumo Semanal: 20/9 - 26/9

Segunda: Base em Progressão (15.3km) (1h15m) [10km@4:55/km + 4km@4:37/km] 
Ritmo forte mas confortável durante os primeiros 10km. Forçando um pouco na parte final. 15km em 1h13m.

Terça: Descanso

Quarta: Recuperação (10.6km) (1h02m) [5:53/km]
Ritmo calmo. Ás vezes custa-me mais andar a pastelar do que seguir no meu ritmo natural.

Quinta: Base em Progressão (8km) (0h42m) [4k@5:13/km + 2k@4:31/km]
Último ensaio. Por entre as primeiras chuvas de Outono e de volta ao percurso habitual. Senti-me leve e com energia. Não quis abusar e mantive o treino curto.

Sexta: Descanso

Sábado: Descanso

Domingo: Meia Maratona de Portugal (21km) (1h59m) + Aquecimento (2.6km) (18m)

Total Semanal (incluído a meia-maratona):

Distância: 57.8km
Tempo: 5h17m
Nº de treinos: 4
Peso: 77 kg?

Para a semana começa a fase mais dura do plano de treinos. Acho que estou um pouco atrasado na componente de endurance e espero subir os treinos longo até aos 32km. Entretanto a meio de Outubro devem começar as séries.

Meia Maratona de Portugal: 1h59m, fonix!

É um lugar comum dizer que aprendemos mais com os nossos erros e fracassos do que com os sucessos - mas não deixa de ser verdade. Aqui vai uma curta crónica:

Fiz a primeira metade da prova de uma forma confortável e rápida - aos 10km ia com uma média de 4:26/km. A partir daí e até aos 15km senti que já ia um pouco a forçar, mas ainda de forma controlada. Depois disso entrei em perda progressiva, ofegando que nem um boi. Aos 18, 19km já ia meio trôpego, a contar kms e incapaz de correr a mais do que 5:00/km; completamente em piloto automático. Até que por fim a coisa culminou com um "colapso" (provavelmente uma hipoglicémia) a 1km da meta! A paisagem ficou turva e sentia que me ia apagar a qualquer instante. Dois senhores (obrigado) pararam (devia estar com má cara) e deram uma garrafa de powerade e seguiram o seu caminho. Percebi que não conseguia sequer andar sem me espetar no chão e por isso aproximei-me dele. Estive 20 minutos parado sem saber de que terra, a beber água e powerade, mas sem grandes resultados. Acabei por vomitar tudo. Ninguém da organização se dirigiu a mim. Depois seguir a andar (devagarinho) até à meta. Na minha cabeça fiz 1h37m; mas no mundo real as meia-maratonas têm 21,095Km e só acabam quando se cruza a meta, por isso: 1h59m. Link.

Apanhei sempre água em todos os abastecimentos, mas acabava por beber apenas um gole e bochechar... Ainda antes da prova estava à conversa com o Pena acerca de geles... Isso e uma melhor hidratação talvez tivessem evitado o que sucedeu. Mas talvez tenha simplesmente feito a primeira metade da prova demasiado rápido...

Ainda estou a tentar perceber o que me aconteceu e porquê. Não sei ainda o que é que aprendi. Mas aqui ficam alguns factos:
1. Tenho uma tendência estúpida de levar as coisas demasiado a sério.
2. Só conhecemos os nossos limites quando os ultrapassamos ...
3. Não é divertido ultrapassar os limites do corpo
4. Não há vontade que suplante as limitações do corpo
5. Quem tudo quer, tudo perde

Factos positivos:
10km - 44m25s (record pessoal)
15km - 1h08m (record pessoal)
20km - 1h32m (record pessoal)
Meia Maratona - 1h59m (record pessoal)

Nem tudo é mau. Aliás, tudo é bom. Neste momento estou um pouco confuso... A primeira ideia que me passou pela cabeça é que não me iria inscrever para a maratona de Lx. Mas é preciso deixar as águas acalmarem....

domingo, 19 de setembro de 2010

Resumo Semanal: 13/9-19/9

Segunda: Recuperação (11.3km) (1h04m) [5:43/km] 
Senti-me relativamente descansado. Talvez tenha ido demasiado rápido para o propósito do treino.

Terça: Médio-Longo c/ desnível (17.8km) (1h37m) [16km@5:24/km]
Verdadeira lição. Fui completamente trucidado. Vendo bem tinha tudo para correr mal: muito calor, saí logo a seguir ao almoço, ainda com digestão a meio, forcei quando não devia forçar a acabei totalmente apeado. 
O início foi normal; sentia até as pernas relativamente frescas e lá segui no meu ritmo. O percurso é que não era o habitual: algum sobe e desce por estradas de terra batida. Depois, lá por volta do 6/7km começou a subida a valer, com inclinações que não são para as minhas pernas ou para o meu peso (começa a ser difícil continuar a usar esta desculpa). Tive que parar e andar várias vezes, mas mesmo assim depois dessa subida fiquei 'vazio'. Depois de recuperar, quando o terreno endireitou, ainda tentei espevitar o ritmo, incluindo uma descida a alta velocidade, o que me valeu um final apeado. Estava um pouco desidratado (apesar da mochila de água), sem reservas de força, mas sobretudo acho que estava a sobreaquecer - acontecia o mesmo a um ford escort antigo da minha mãe e única solução era esperar que arrefecesse.

Quarta: Descanso
Recuperei bem; na terça ao fim no dia já parecia que não se tinha passado nada. Os dias sem correr são contudo cada vez mais enervantes. Sinto que falta qq coisa.

Quinta: Descanso
Descanso duplo. Não foi propositado mas talvez tenha sido bom. Quando as coisas correm menos bem, mais vale abrandar do que acelerar.

Sexta: Intervalos Longos 4x3.2km c/ 800m recup. (19.5km) (1h40m) [4:28/km]
1º - 4:24/km (rápido demais)
2º - 4:22/km (deixa cá ver se consigo aguentar no mesmo ritmo...)
3º - 4:31/km (....)
4º - 4:36/km (pernas pesadas)


Treino especifico para meia-maratona. Costuma ser usado como um bom indicador para a seguir para a meia. Nunca tinha feito este tipo de treino antes e precisava de recuperar alguma confiança - portanto foi dar o que tinha. O objectivo continua a ser a 1h40m. Vou fazer os primeiros 10k nesse ritmo, se me sentir bem acelero na segunda metade - ou talvez não faça nada disto.

Sábado: Recuperação (8.2km) (0h48m) [5:53/km]

Domingo: Base (7.7km) (0h38m) [4:58/km]
Treino longo abortado. Amanhã será a minha última hipótese de fazer um treino longo antes da meia maratona - vamos ver se os astros se alinham.

Total Semanal:


Distância: 64.7 km
Tempo: 5h50m
Nº de treinos: 5
Peso: ?


Boa semana, mas que teria ficado mais composta com o treino longo de hoje. A próxima semana será bastante calma. Antes de uma prova a minha dúvida é sempre a mesma: para que ritmo vou? 4:40/km, 4:35/km? Logo vejo...

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Resumo Semanal: 6/9-12/9

Segunda: Tempo/Threshold (15.1km) (1h18m) [8km@4:31/km] 
Verdadeira tortura. Ritmo teórico para 10-15K. Contagem decrescente de km's. Apesar das pernas também doerem, o desafio continua a parecer-me mais psicológico do que físico.

Terça: Recuperação (9.8km) (1h) [06:03/km] 
Muita calma. Menos 1 ou 2 kms teria sido melhor.

Quarta: Médio-Longo (24.4km) (2h05m) [23km@5:04/km]
Mais um treino longo. Inesperado, porque estava a planeá-lo para sexta, mas assim se proporcionou. Optei por um ritmo mais lento do que a semana passada - ainda estou ressentido do treino de segunda (e de sábado?). Músculos doridos e tensos, mas fez-se.

Quinta: Descanso
Não estava capaz de correr nem 1 km...

Sexta: Médio-Longo (17.8km) (1h34m) [16km@5:10/km]
Bem melhor do que ontem, mas ainda dorido. Ritmo calmo.

Sábado:  Descanso

Domingo: Livre (8.9km) (45m) [6km@4:42/km]
Treino livre. Alguns kms a ritmo de meia-maratona.

Total Semanal:

Distância: 76 km
Tempo: 6h 43m
Nº de treinos: 5
Peso: 78 kg (-30kg de Agosto 2009)


Esta semana terei apenas um ou dois treinos difíceis, talvez com menos kms (ou os mesmos), e na seguinte só facilidades. Não sei se farei mais alguma meia este ano, por isso vale a pena ir descansado para esta. 



sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Novo percurso da meia-maratona de Portugal

Novo percurso.

Parece-me mais plano do que o anterior. O vento poderá ser uma condicionante, mas se para um lado trava, para o outro empurra.

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Resumo Semanal: 30/8-5/9

Segunda: Base + MP 
11.9 km (1h03m) [5km@5:19/km + 5km@4:53/km]
Terça: Recuperação 
10.6 km (1h01m) [5:48/km]
Quarta: Base + Velocidade 
13.8 km c/ 10x100m (1h12m) [10km@5:03/km]
Quinta: Recuperação 
8.1 km (50m) [6:08/km] 
Sexta: Descanso
Sábado: Médio-Longo MP 
22.4 km (1h51m) (21km@4:52/km] 
Domingo: Descanso

Total Semanal

Distância: 67 km
Tempo: 6h

Finalmente um treino apresentável: 22km corridos a bom ritmo. Partindo o pressuposto que conseguia seguir um plano, esta deveria ter sido uma semana de recuperação. Fiz mais uns quilómetros que o previsto, mas nas semanas anteriores tinha feito a menos... O importante foi relançar os treinos longos. Senti-me surpreendentemente bem durante e depois. Há treinos que nos dão uma confiança tremenda: no parcial dos 15km bati o meu record pessoal (da corrida dos sinos); em Maio, para a meia dos palácios, não esperava fazer este tempo em prova, quanto mais num treino.

domingo, 5 de setembro de 2010

Resumo - Agosto 2010

Nº de treinos: 24
Distância: 255 km
Tempo: 22h 50m

Bom mês de treinos. Bom volume para mim. Muitos treinos, mas relativamente curtos. A grande maioria dos treinos foram de 12/13km. Eliminei quase totalmente as actividades extra corrida - natação e bicicleta. Não há tempo para tudo...

Nos próximos meses vou apostar mais nos treinos longos.

- peso + objectivos

O peso deixou de ser uma preocupação. A próxima marca será os 75kg. E depois disso os míticos 73kg da adolescência. Apesar de já estar dentro de parâmetros normais para a minha estatura (1,78m), ainda tenho uns quilos a mais. Mas agora esse já não é um objectivo - aliás, talvez nunca tenha sido. Vou literalmente deixar correr - o meu corpo logo decidirá qual a melhor configuração para correr 42km.

Objectivo: continuar a treinar de forma consistente, mas sem exageros. Se conseguir isto, consigo tudo o resto: meia-maratona, maratona, o que vier. Na maratona, já o disse, o objectivo é acabar. Para a meia-maratona também, mas em 1h40m. Para as restantes distâncias (10 e 15km) espero também ter oportunidade actualizar os meus recordes pessoais.