domingo, 17 de outubro de 2010

Resumo Semanal: 11/10-17/10

Segunda: Recuperação (10.3km) (1h02m) [6:05/km]

Terça: Médio Longo (19.3km) (1h41m) [17km@5:04/km]
Este tipo de distância começa a torna-se familiar - o que é bom. Demorei a aquecer, mas depois encontrei bom ritmo, com passada certa.

Quarta: Recuperação (9.8km) (1h02m) [6:16/km]

Quinta: Base (15.8km) (1h25m) [13km@5:12/km]
5 dias consecutivos; 70km. I need a break.

Sexta: Descanso

Sábado: Descanso

Domingo: Longo (32.0km) (2h49m) [30km@5:11/km]

5 da manhã. Barra de cereais e lá fui eu. 3 gels (8,15,22km). Por volta dos 23km comecei a sentir dores no pé direito, nos tendões do peito do pé. Parei várias vezes para tentar ajustar os atacadores... Acabei por seguir até ao fim, mas num ritmo mais lento. Não tive problemas musculares (ao contrário dos longos anteriores) e o nível de energia também estava bom.
Entre os 9km (depois do primeiro gel) e os 20km (antes das dores no pé) senti-me bastante bem: média de 4:58/km, embora tenha dúvidas que consiga suster este ritmo durante 42km. 
Estas dores no pé (que já tinham acontecido antes) são um problema; o suficiente para não me deixar acabar a maratona. Não tenho a certeza da sua origem: postura pouco relaxada, ténis mal apertados, ou os próprios ténis (o meu palpite mais forte). Desde o início que achei os Nimbus demasiado pesados...
O melhor foi o nascer do sol.

Total Semanal:

Distância: 87.4km
Tempo: 8h01m
Nº de treinos: 5
Peso: 76 kg

Nas últimas três semanas procurei sobretudo trabalhar a resistência - e acho que consegui. Afinal, este ano quero apenas terminar a maratona; tanto me faz se em 3 horas e meia ou 4. E para isso pouco importa a velocidade. Nesse capítulo sinto que estagnei; ou pelo menos está difícil de ver qualquer melhoria por entre tanto km e fadiga acumulada.
Faltam agora 7 semanas para maratona de Lisboa. Tinha pensado começar a introduzir agora trabalho de séries, mas estou altamente reticente... estou com medo de deitar tudo a perder. Semana de recuperação e em vez de séries, fartlek. É o que me diz a intuição.

Sem comentários:

Enviar um comentário