quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Maratona de Lisboa 2010 - A história completa (3/3)

recuperação
Imediatamente a seguir à maratona senti-me bastante estourado - ao contrário do Pena, que parecia capaz de correr +10km! Mas depois de um almoço e lanche reforçados comecei a arribar. Nos dois dias seguintes mantiveram-se alguma dores musculares e na quarta-feira já estava com vontade de correr!
O dedo do pé manteve-se inchado (e ainda não está bom) e fiquei a parte exterior do pé bastante dorida - em resultado de tentar proteger o dedo durante a prova. Enfim... mazelas de corredor. Sendo que correr uma maratona com o pé neste estado deve ter sido das coisas menos racionais que fiz nas últimas décadas.
Dei mais uns dias para descanso mental, mas no sábado já não aguentava mais!

next
Treinar, treinar, treinar. Ainda tenho bastante por onde melhorar. Endurance e força.

2011
Quero definitivamente experimentar algumas provas de trail - o que deverá acontecer na primeira metade do ano. Isto também porque não me apetece ir para fora de Portugal para correr uma maratona na Primavera (alguém me explica porque é que temos 3 maratonas em Portugal no Outono?).
Para a segunda metade do ano, uma maratona. Talvez a do Porto, senão a de Lisboa.

Sem comentários:

Enviar um comentário