quarta-feira, 16 de março de 2011

Corrida das Lezírias - ~15km - a crónica

Tenho andado um bocado ocupado (a tossir) e só agora vos venho contar tudo o que aconteceu na bela corrida das Lezírias...
Não foi um bom dia para mim. Há dias em que tudo nos parece bem, outros em que nada parece certo. Estive na dúvida se iria ou não: sexta e sábado com tosse e alguns sintomas virais ou gripais (bichos). No Domingo de manhã estava melhor e lá decidi ir buscar a minha t-shirt (afinal estava paga). Na realidade não esperava grande coisa à partida... um passeio de 15km ou tentava bater o meu melhor tempo dos 15km (1:03:54 - parcial dos 20km de Cascais da semana passada)? Não se perde nada em tentar; e afinal é um bocado difícil de resistir à tentação de correr rápido quando acompanhado - deve ser um instinto parecido com o que leva os cães a correr atrás dos carros.
Comecei o aquecimento demasiado cedo porque tinha ideia de que a prova começava às 10h... começou às 10h30. 5km de aquecimento em pára, arranca. O pequeno-almoço também não me tinha calhado especialmente bem. Sentia-me pesado, talvez também por ter corrido pouco durante a semana. Trata-se de uma prova essencialmente plana, com excepção da passagem da ponte, e portanto com potencial para bons registos. Maior parte da prova é fora do alcatrão, mas (pelo menos o percurso deste ano) tinha um piso com razoável aderência.
Partida: os primeiros 100m foram de difícil progressão; e depois disso tive que recorrer aos passeios para fazer as restantes ultrapassagens. Fiz o primeiros 5km em 21:05, o que não era mau; 10km em 42:29, mas já em esforço. Não me sentia capaz de continuar no mesmo ritmo até ao fim e abrandei - hoje não era dia, não me sentia bem, não acreditava que conseguisse e isso é fundamental. Acabei com 1:04:19 (para 14.8km marcado no garmin).
(A tosse ficou pior... agora está melhor, mais um dia e volto ao treinos)


terça-feira, 8 de março de 2011

20km de Cascais - a crónica

Incursão relâmpago nos 20kms de Cascais! Não tinha inicialmente previsto fazer esta prova. Mas estou simultaneamente contente e dorido por a ter feito. Também não esperava um resultado tão bom: 1:25:37, quase menos 5 minutos do que a melhor referência que tinha para a distância (um treino de Novembro passado). Ainda para mais no fim da minha maior semana de treinos de sempre: 103 km. Mas há dias assim...

Estava frio e chovia antes da partida, mas desta vez o tempo acabou por compor-se. Durante o aquecimento, na companhia do Rui Pena, senti-me bem; o descanso de Sábado parecia ter sido suficiente para acabar a semana com um treino puxado... mas ainda assim, contava apenas seguir o Rui enquanto conseguisse.
Partimos de trás. Demoramos quase um minuto a passar pela linha de partida. Seguimos por onde podíamos para tentar encontrar o nosso lugar no pelotão. Segui com o Rui até cerca dos 3/4km, altura em que nos separamos.
Os primeiros 5km foram rápidos (20:49) e por essa altura já estava bem encaixado no pelotão. Esperava-nos nova subida e decidi procurar um ritmo confortável em que segui até aos 10km (42:11). Mais um gel no bucho e lá fomos até ao retorno - bonitas paisagens. Depois do retorno, algum vento contra e ninguém para o partilhar - o grupo mais próximo seguia uns 100 ou 200 metros à frente. Paulatinamente, lá fui ganhando terreno até que  consegui colar-me no abastecimento dos 15km (1:03:54). A partir daí segui acompanhado e fomos-nos revezando do vento. Último km a alta velocidade (3:52) aproveitando a descida e estava feito.

Já agora, o resumo da semana de treinos (regime matutino):
Segunda:    Longo 29.0km (2:20)
Terça:        Recuperação 11.0km (:55)
Quarta:      Base 14.8km (1:10)
Quinta:      Progressivo 10.4km (:50)
Sexta:        Base 16.0km (1:20)
Sábado:     Descanso
Domingo:  20km de Cascais (1:25)